Condomínios agora usam porteiro virtual
18 jan

Condomínios agora usam porteiro virtual

Sistema promete uma redução de custo entre 50% e 70% nos gastos do condomínio.
 
Em busca de reduzir um de seus maiores custos — a folha de pagamento — condomínios residenciais no Estado do Espírito Santo estão apostando no porteiro virtual, sistema eletrônico de acesso que substitui profissionais presenciais.
 
O presidente do Sindicato Patronal dos Condomínios, Cyro Bach Monteiro, confirmou que tem aumentado o número de condomínios residenciais que aderiram ao sistema, principalmente na Grande Vitória, mas ainda não há um levantamento oficial do assunto.
 
Com o porteiro virtual, moradores acessam a entrada por meio de biometria ou cartão. Um sistema valida os dados e libera o portão. O mesmo ocorre com carros. Já os visitantes acionam o interfone, a chamada é direcionada para uma central, o atendente fala com a pessoa e com o morador, que autoriza a entrada, e o portão é liberado. Tudo é monitorado por câmeras.
 
Segundo o advogado de direito imobiliário Diovano Rosetti, os custos de um condomínio com folha de pagamento de todos os funcionários, chega a quase 70%. “Não é só salário, são encargos que encarecem os custos”, pontuou.
 
Empresas que fornecem o sistema garantem redução de custos com a portaria entre 50% e 70%, mas, para Monteiro, a redução fica em torno de 40%. Segundo a convenção coletiva 2016-2018 do setor, o piso para porteiros no Espírito Santo é de R$ 1.069,75.
A segurança do sistema depende muito do condômino, segundo Monteiro. “O morador não deve deixar um visitante que ainda está sendo atendido pelo porteiro virtual entrar, sem ter autorização.”
 
 
Fonte: Jornal A Tribuna
Posted in: Blog

Comments (No Responses )

No comments yet.

Deixe uma resposta

© 2014 Sit. Todos os direitos reservados.